Boulevard Shopping BH recebe o primeiro ponto físico do "Repassa" no Brasil - Aliansce Sonae
fechar busca

News

Boulevard Shopping BH recebe o primeiro ponto físico do “Repassa” no Brasil

Quiosque do Repassa no Boulevard Shopping Belo Horizonte

Por seu histórico em projetos inovadores, como a BeGreen primeira fazenda urbana do Brasil, o Boulevard Shopping BH, empreendimento administrado pela Aliansce Sonae, maior administradora de shoppings do país, foi o escolhido para sediar o primeiro ponto físico do Repassa, maior brechó online do Brasil. O quiosque da plataforma ficará localizado no Piso 1, a partir do dia 26 de agosto, onde os clientes poderão retirar e entregar suas “sacolas do bem” com roupas, calçados e acessórios para serem vendidos. As peças passam por um processo de curadoria, fotografia, cadastro e são colocados à venda no site.

O cliente escolhe como receber sua parcela do lucro da venda das peças: como créditos para usar no próprio Repassa, depósito na sua conta bancária ou doação para uma lista com mais de 20 ONGs parceiras, dentre elas a ONG Crescer Sorrindo, de Belo Horizonte. Caso a peça não passe pelo controle de qualidade, o usuário pode optar por doar ou receber de volta. Em 2020, a empresa doou para as ONGs parceiras o montante de R$ 611 mil, o triplo de 2019. No ano passado, também foram repassadas para projetos sociais mais de 117 mil peças que não puderam ser vendidas.

Segundo informações da startup, em Belo Horizonte mais de mil pessoas já colocaram suas roupas à venda pela plataforma, repassando as roupas que não usam mais e ainda lucrando com isso, enquanto outras pessoas encontram peças de desejo por preços mais acessíveis. Com a instalação do ponto físico no Boulevard Shopping, além de enviar seus produtos pelos Correios, os usuários da capital mineira poderão fazer o procedimento presencialmente, seguindo todos os protocolos sanitários vigentes. Nos três primeiros meses de operação do quiosque, as sacolas do bem serão entregues gratuitamente.

“O Repassa é uma startup inovadora e tem tudo a ver com o público do Boulevard. O grande diferencial dela é fazer tudo pelo cliente, que só precisa se preocupar em separar os itens. Com esse espaço pop-up no Shopping, vamos facilitar ainda mais para o usuário, que pode aproveitar a sua vinda para trazer os itens que não usa mais. Com isso, estamos promovendo a sustentabilidade e contribuindo para a economia circular”, conta Nadinne Matos, gerente de marketing do mall.

A nova era dos brechós conta com negócios digitais extremamente profissionalizados, modernos e com uma curadoria de peças que torna a experiência de compra semelhante à de adquirir uma peça nunca usada. O objetivo principal é promover a economia circular, ampliando o tempo de vida das roupas já produzidas. Além disso, a atividade também promove o empreendedorismo em rede e economia para quem compra.

“A sustentabilidade e inovação são valores primordiais para Aliansce Sonae e é por isso que fazemos questão de apoiar projetos como o Repassa no Boulevard BH. A moda circular é uma tendência que cresceu muito nos últimos anos, principalmente online. Ter um ponto físico em um shopping da Aliansce Sonae é um grande diferencial para esses empreendedores de Second Hand e algo que ajudará a converter ainda mais consumidores para esse mundo.” Comenta Renata Rique, Gerente de Inovação da Aliansce-Sonae.

Buscando fomentar o projeto, entre as ações pensadas pela parceira Fábrica de Startups, empresa brasileira de fomento à inovação, está a disponibilização de 7.500 sacolas gratuitas para que as pessoas que passarem pelo shopping possam fazer a doação das roupas, pegando as sacolas no stand e devolvendo no quiosque, o que representa R$ 280 mil de incentivo para a economia circular. Além disso, outros benefícios incentivam a participação do público, como a gratuidade do estacionamento.

“Quando recebemos o desafio para criar um modelo de negócio Second Hand, fizemos uma longa pesquisa e estudamos todas as possibilidades viáveis que pudessem beneficiar os envolvidos e claro, a população, que tem buscado cada vez mais alternativas de economia circular ligada a moda. Daí nasceu esse projeto tão completo e útil para sociedade”, destaca Hector Gusmão, CEO da Fábrica de Startups.

O portfólio do Repassa disponibiliza cerca de 150 mil itens entre roupas femininas, masculinas e infantis, incluindo calçados e acessórios, que são vendidos com descontos que variam de 30% a 90% em relação ao valor de mercado. Em 2020, a startup pagou cerca de R$7 milhões para os vendedores cadastrados no site.

O Repassa conta com um time dedicado a estudar a precificação das peças. Entre os pontos analisados estão: valor de peças semelhantes às originais, estado de conservação, qualidade do material e tipo do produto. Quando a peça é vendida, o ex-dono das roupas recebe 60% do valor de venda do produto, independentemente do tipo do item.

Criado pelo empresário Tadeu Almeida, o Repassa é uma startup de moda consciente e maior brechó on-line do Brasil. Fundada em 2015 e acelerada pela Aliansce Sonae, a empresa já economizou mais de 553 milhões de litros de água, evitou que 2,4 toneladas de CO2 fossem emitidas e reduziu 13 milhões de kW/h de energia. Desde o início da operação, em 2015, a marca já recebeu mais de R$ 10 milhões em aportes provenientes de fundos de venture capital e investidores-anjos.

Todas as notícias